quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Estreado em Berlim, “Marley” chegará nos cinemas americanos em abril!

 

"O público conhecerá Bob Marley como pessoa e não como lenda", fala diretor do documentário!
O maior nome do reggae mundial de todos os tempos terá sua vida contada no documentário “Marley”. No dia 12 de fevereiro de 2012, o festival de Berlim vestiu as cores do reggae com a presença de Rohan Marley, um dos doze filhos do ícone do reggae.
Ele foi ao festival apresentar ao mundo o documentário que conta as histórias mais íntimas do rei do reggae.
De início, Rohan, “Não crescemos pensando no dinheiro, mas em ajudar as pessoas.”, disse. Que no momento também lembrou uma passagem de sua infância, na ocasião ao lado do irmão Stephen Marley.
“Utilizamos o dinheiro para ajudar as pessoas, o dinheiro é uma ponta para o objetivo, continuamos com o trabalho do meu pai”, explicou Rohan Marley que cativou o público com os seus comentários.
O diretor do documentário também comentou na estréia afirmando que Bob Marley foi uma das personalidades culturais mais importantes do século XX, pois ninguém teve o impacto que ele no mundo. Ele fez o mundo pensar sobre política e filosofia, como ninguém.
“Marley” trará um arquivo em muitos casos desconhecido para o público. O documentário também lembrará entrevistas com músicos, amigos, amantes e parentes do rei do reggae. Além de uma grande entrevista com a mulher dele, Rita Marley.
Além de todas as homenagens e histórias sobre Bob Marley, o diretor do documentário também comentou que também procurou coincidir a apresentação do filme com o 50° aniversário da independência da Jamaica, além dos 50 anos da lendária The Wailers, banda que Bob Marley fez parte.
Completando o comentário, Kevin disse que espera que o público veja “Marley” e encontre um Bob como pessoa e não como a lenda, e que após o filme as pessoas possam escutar as músicas do jamaicano de uma maneira diferente.
“Marley” tem data marcada do lançamento nos cinemas dos Estados Unidos no dia 20 de abril de 2012, sob a distribuição da Magnolia Produções. O longa de 144 minutos é o primeiro a ter autorização da família Marley para usar imagens do arquivo pessoal.
Com cenas rodadas em Gana, Japão, Inglaterra e na Jamaica, o documentário ainda não tem previsão de lançamento nos cinemas brasileiros.
 
fonte: www.adorocinema.com / veja.abril.com.br

Por Click Reggae Feira
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário